CFM abre consulta pública sobre propaganda e publicidade médica

Realizadas na plataforma digital do conselho, as contribuições serão recebidas até o dia 1º de março. A consulta é importante para os profissionais que utilizam de propaganda e publicidade médica.

O Conselho Federal de Medicina (CFM)  deu início a uma consulta pública no dia 1º de fevereiro. As contribuições podem ser enviadas até o dia 1º de março de 2020, a fim de atualizar a regulamentação da propaganda e publicidade médica.

Faz-se importante opinar sobre um tema que afeta diretamente o dia a dia de muitos médicos no Brasil. Com a finalidade de colaborar com suas sugestões, podem participar médicos e entidades representativas da medicina.

Para médicos, é necessário informar o seu Cadastro Nacional de Pessoa Física (CPF) e o seu CRM, com indicação do Estado em que foi feito o registro profissional. O link para o acesso à plataforma de consulta digital está aqui.

Para as entidades representantes do seguimento, o parecer deve ser encaminhado por ofício ao Conselho Federal de Medicina através do e-mail [email protected]

propaganda e publicidade médica

A Resolução nº 1.974/2011 descreve a regulamentação em voga sobre propaganda e publicidade médica. Dessa forma será possível, para médicos e entidades médicas, opinar sobre cada artigo da resolução durante o mês de fevereiro.

Alguns dos assuntos tratados são:

  • Sensacionalismo
  • Propaganda enganosa
  • Exposição da imagem

Em conclusão, o Conselho Federal de Medicina busca atualizar a regulamentação, levando em conta os questionamentos da comunidade médica nos últimos anos.

Se você ficou com dúvidas de como opinar nesta consulta do CFM, então mande uma mensagem para o e-mail: [email protected]

A Agência Hética é especializada em Marketing Médico, portanto possui dicas valiosas para não perder o CRM. Conheça também mais conteúdos sobre o assunto e não deixe de compartilhar a sua opinião nos comentários.