telemedicina segura

Como fazer telemedicina eficiente e segura

Muitos médicos estão correndo risco ao praticarem a telemedicina sem conhecimento, que tal aprender com um especialista?


telemedicina segura
Mulher utiliza o celular para conversar com uma médica, ilustrando o que seria a telemedicina.

Em meio a pandemia do Coronavírus deste ano o Conselho Federal de Medicina (CFM) liberou as consultas por telemedicina. Com isso, muitos médicos estão perdidos sem saber como proceder ou ainda, procedendo de forma incorreta.

Eles nem sabem do risco que estão correndo, tanto de sofrerem penalidades pelos conselhos de medicina, ou ainda de receberem processos legais por conta da falta de informação na prática da telemedicina. 

Consequentemente surgem várias dúvidas como “O que deve ser feito?” e “O que não pode ser feito?”

Afinal, como deve ser a Telemedicina segura? 

A telemedicina teve a sua origem durante a década de 1960 em função da chamada Guerra Fria, onde nasceu o primeiro conceito da prática: oferecer o melhor serviço em saúde usando os meios eletrônicos. Em resumo, a telemedicina possui 3 pilares: 

  • Tecnologia 
  • Segurança (segurança tecnológica, segurança do médico e do paciente)
  • Qualidade do atendimento

É responsabilidade do médico que pratica a telemedicina escolher um software adequado para realizar os seus atendimentos e promover a segurança. Já que um dos maiores riscos no mundo digital é o vazamento das informações. Portanto, se o médico não entendeu isso, pode ser caracterizado como negligência.

Whatsapp? Skype? Nada disso! Essas ferramentas gerais não possuem segurança. A maioria dos médicos brasileiros estão utilizando dessas ferramentas de comunicação para performar a telemedicina, mas estão errando e sendo imprudentes

Quando os médicos não utilizam plataformas seguras também podem se tornar vítimas de processos pelo vazamento das conversas e imagens, você sabia? São essas e tantas outras formas de prejudicar a sua carreira por uma falta de conhecimento. 

Pensando nisso o Dr. Chao Lung Wen, médico, professor associado da Faculdade de Medicina da USP e chefe da disciplina de Telemedicina em parceria com a Medical Defense criou um curso 100% on-line de Telemedicina para te ajudar nesse momento.

Quer saber mais sobre como praticar uma telemedicina segura e eficiente? Então clique aqui e assista o vídeo completo. Nesse mesmo link você encontra o formulário para inscrição no curso de telemedicina e comece agora a fazer diferente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *